Partilhar

Como surgiram os super-heróis

Por Bruno Garcia. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como surgiram os super-heróis

Eles estão por toda a parte, nas telas de cinema, em roupas, cartazes e claro em gibis, vestidos em roupas coloridas, fazendo coisas impossíveis para um ser humano normal e acabamos nos acostumando tanto com eles que acabamos nos esquecendo de como (e quando) surgiram os super-heróis.

A resposta simples seria: os super-heróis surgiram com o Super-Homem, mas será que é verdade? Vamos descobrir.

Também lhe pode interessar: Como criar um super-herói
Passos a seguir:
1

Se entendermos os super-heróis como seres capazes de coisas impossíveis a um ser humano comum, enfrentando outros seres igualmente capazes de coisas impossíveis como não pensar em todos os heróis da mitologia? Afinal Hércules tinha super-força e era praticamente invulnerável, Aquiles era invulnerável a não ser por uma única fraqueza, Ajax era maior e mais forte do que todos os outros homens, e podemos seguir indefinidamente, mas o ponto é que essa ideia já exista.

Mesmo os uniformes extravagantes e chamativos, pesquisa recentes apontam que as estátuas não eram de mármore branco, mas pintado com muitas cores, todos os elementos que hoje entendemos como parte das histórias de super-heróis já estavam presentes desde a antiguidade, atravessaram os séculos para serem revisitados na nossa era, com novas origens, cores e histórias.

2

O que é aquilo no céu? É um pássaro, é um avião?

No início do século XX dois amigos de colégio foram responsáveis por revisitar e revitalizar esse mesmo conceito, criando a figura mais icônica da nossa mitologia moderna, personagem que seria responsável por uma explosão criativa que mudaria completamente a cultura ocidental.

Muitos se lembram do Escoteirão de sunga por cima da calça como o homem que pode voar, vê através das coisas e pode congelar as coisas com um sopro, mas não foi assim que ele nasceu para as histórias.

3

A primeira versão veio em uma história chamada “O Reino do Super-Homem” e o personagem título era um careca com poderes mentais que acabava controlando toda a raça humana.

Nada escoteirão, né?

4

Quando esses dois amigos, agora profissionais do ramo dos quadrinhos, decidiram criar um personagem para vender para uma editora e assim garantir um trabalho mais fixo, eles revisitaram a ideia de um ser humano com poderes, mas mesclaram com parte de sua cultura judaica, especialmente a ideia de um messias e o mito do golem, um ser super poderoso que poderia ser invocado para proteger os judeus; então dessa vez imaginaram um homem que fosse mais forte, mais rápido, mais ágil e mais resistente do que um ser humano comum.

Nascia assim o Super-Homem, com uma roupa inspirada nos homens forte de circo, no peito o desenho de um distintivo de policial no peito, capaz de correr mais rápido do que uma locomotiva, saltar 1/8 de milha e erguer pesos incríveis e atuando como campeão dos oprimidos.

Essa é a descrição literal da primeira página de Action Comics nº1, sua primeira aparição.

5

O sucesso foi estrondoso, em poucos meses haviam centenas de cópias e derivações nas bancas, todo um gênero renascia ali.

Se hoje temos essa enormidade de heróis fantasiados, se temos filmes todos os anos, jogos, livros e claro, histórias em quadrinhos, é porque em 1938 dois amigos chamados de Jerry Siegel e Joe Shuster conseguiram unir um conceito clássico com uma roupagem nova e inauguraram a nossa mitologia moderna.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como surgiram os super-heróis, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalhos Manuais e Tempo Livre.

Escrever comentário sobre Como surgiram os super-heróis

O que lhe pareceu o artigo?

Como surgiram os super-heróis
Como surgiram os super-heróis

Voltar ao topo da página