Partilhar

Dicas de fotografia para iniciantes

Por Sara Silva. Atualizado: 16 janeiro 2017
Dicas de fotografia para iniciantes
Imagem: uniaothefame.blogspot.pt

Há algumas décadas o processo de fotografar era algo complexo e demorado e só algumas pessoas tinham conhecimentos e possibilidades para o concretizar. Felizmente, com o avanço da tecnologia hoje em dia a fotografia é algo instantâneo e acessível a todos nós, que cada vez ganha mais adeptos, seja através das câmeras de smartphones, máquinas fotográficas digitais, profissionais, compactas ou outras. No entanto, para tirar uma boa fotografia é preciso que o fotógrafo tenha em conta algumas noções importantes, pois a máquina ainda não faz tudo sozinha. Para o ajudar a conseguir fotografias impressionantes, reunimos neste artigo de umComo.com.br algumas dicas de fotografia para iniciantes. Continue lendo para aprender!

Também lhe pode interessar: Dicas para tirar fotos de unhas

Conheça a sua máquina

Para conseguir boas fotografias, é essencial que você conheça a sua máquina fotográfica, pois ela é o principal equipamento que você ira utilizar para fotografar. Para isso passe algum tempo explorando os botões, as funções, fazendo experiências de fotografia em diferentes sítios e com diferentes configurações e, se achar necessário, consulte também o manual de instruções. Se conhecer alguém mais entendido que você em máquinas fotográficas, solicite-lhe alguns conselhos e orientações acerca do funcionamento dela. No caso de você estar lidando com uma máquina fotográfica compacta (como na imagem), a sua aprendizagem será mais rápida pois estes equipamentos são mais simples.

Dicas de fotografia para iniciantes - Conheça a sua máquina
Imagem: omeuolhar.com

Faça uso dos modos de disparo

De máquina para máquina variam os modos de disparo, que são programas que definem automaticamente ou permitem configurar manualmente os vários fatores que influenciam uma boa fotografia. Os mais básicos, e presentes na maioria das máquinas fotográficas, são os seguintes:

  • Modos de cena: representados por vários ícones de desenhos, dizem respeito a diferentes tipos de cenários que se podem fotografar. É um tipo de modo automático, o que significa que é a própria máquina que configura todos os aspetos para fotografar a cena em questão, que poderá ser noturna, desporto, retrato, paisagem ou outra;
  • Modo macro: representado por uma flor, está relacionado com captura de pormenores. Neste modo a máquina foca o elemento em primeiro plano e desfoca o fundo;
  • Modo automático: esta é a opção ideal para quem não tem muita experiência ou para quem quer uma fotografia rápida, pois selecionando-o a máquina configura sozinha todos os aspetos da fotografia;
  • Modo programa: representado pela letra "P". Permite ao utilizador configurar tudo o que influencia a fotografia: flash, focagem, exposição, balanço de brancos, abertura do diafragma, velocidade do obturador, etc;
  • Modos A, S e M: são modos manuais em que o o A está relacionados com a definição da abertura do diagrama, o S diz respeito à velocidade do obturador e o M representa o modo manual, no qual é possível configurar A e S e ainda o ISO.
Dicas de fotografia para iniciantes - Faça uso dos modos de disparo
Imagem: fotografiaai12b.blogspot.pt

Domine os conceitos básicos

No ponto anterior talvez tenha ficado um pouco confuso com os termos utilizados, no entanto é importante que saiba o seu significado e que os identifique na máquina, de forma a configurá-los da melhor maneira e obter boas fotografias.

  • Exposição: forma como controlamos a luz numa fotografia, ou seja, a quantidade de luz que o sensor da câmera capta;
  • Balanço de brancos: utilizado para conferir a cor mais acertada e natural para a fotografia, consoante a fonte de luz que estamos usando (natural, tungstênio, halogêneo, etc);
  • Abertura do diafragma: está relacionado com a quantidade de luz que entra no sensor da câmera - quanto maior a abertura, mais clara será a fotografia. Também influencia o efeito de profundidade numa fotografia;
  • Velocidade do obturador: tempo durante o qual o sensor está exposto à luz. Permite obter diferentes efeitos numa fotografia, visíveis principalmente quando se fotografam líquidos: podemos conseguir um efeito de congelamento ou de movimento;
  • ISO: sensibilidade do sensor. Pode ser regulado para conseguir captar mais quantidade de luz em cenários escuros, como os noturnos, e conseguir uma foto clara. No entanto tem o inconveniente de originar um efeito granulado na fotografia.

Complemente com acessórios

Para conseguir boas fotografias poderá complementar o uso da sua máquina fotográfica com acessórios. O mais comum e utilizado é o tripé, que é bastante útil para se fotografar a si própria ou para conseguir fotografias contínuas e mais estáveis, pois quando coloca a máquina nele a fotografia dificilmente ficará tremida. Existem diferentes tamanhos de tripé e inclusivamente alguns com pernas flexíveis. De forma a conseguir amenizar as áreas de sombra, refletindo a luz em determinado objeto, você poderá usar um rebatedor branco, prata ou dourado. Se possuir uma máquina fotográfica profissional, poderá complementá-la com diferentes lentes, flashes amovíveis, filtros de lente e outros.

Dicas de fotografia para iniciantes - Complemente com acessórios
Imagem: bemlegaus.com

Siga os conselhos básicos

Depois de alguma matéria teórica da arte da fotografia, seguem-se as dicas que fazem toda a diferença na hora de tirar uma boa ou má fotografia. De forma geral a fotografia rege-se pela intuição, mas além de conhecer os aspetos básicos do funcionamento da sua máquina, também será importante se tiver em conta os seguintes conselhos:

  • Segure bem a câmera: se não estiver utilizando um tripé, segure a câmera com as duas mãos, de forma firme e sem tremer. Sendo uma máquina digital você deverá pegar nela pela altura do seu pescoço, de forma a conseguir um bom ângulo de fotografia, mas esta dica varia consoante o objeto que pretende fotografar.
  • Seja exigente: a fotografia saiu escura ou desfocada? Não se satisfaça com essa qualidade medíocre e tente novamente, configurando as opções na sua máquina. Tire 10 fotografias se for preciso, até conseguir aquela que você acha que ficou perfeita.
  • Jogue com a luz: sem luz a fotografia não existiria, mas por vezes ela pode ser a pior inimiga criando sombras e conferindo um tom demasiado claro à fotografia. Por essa razão configure a abertura do obturador, os valores de exposição e procure qual o melhor local para fotografar.
  • Faça experiências: é essencial que fotografe muito de forma a aperfeiçoar seus conhecimentos e técnicas. Por essa razão, faça várias experiências fotografando em locais diferentes, objetos maiores, mais pequenos, com diferentes intensidades de luz, etc.
  • Explore os ângulos e enquadramentos: fotografar os objetos sempre de frente e centrados a meio da tela é algo aborrecido, por isso explore os diferentes ângulos e enquadramentos consiga fotografias originais.
  • Observe: um bom fotógrafo é, sobre tudo, um bom observador. Por essa razão, quando estiver fotografando, olhe para tudo o que o rodeia. Muitas vezes fotografar pormenores pequenos, como gotas de orvalho, dão boas fotografias.
  • Inspire-se e mantenha-se informado: pesquise acerca de fotografias, veja as obras dos principais fotógrafos a nível mundial, leia revistas de fotografia, etc. Todos esses hábitos o ajudarão a entrar mais rapidamente no universo da fotografia e a conhecer o que resulta melhor ou pior.
Dicas de fotografia para iniciantes - Siga os conselhos básicos
Imagem: ruadireita.com

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dicas de fotografia para iniciantes, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalhos Manuais e Tempo Livre.

Escrever comentário sobre Dicas de fotografia para iniciantes

O que lhe pareceu o artigo?

Dicas de fotografia para iniciantes
Imagem: uniaothefame.blogspot.pt
Imagem: omeuolhar.com
Imagem: fotografiaai12b.blogspot.pt
Imagem: bemlegaus.com
Imagem: ruadireita.com
1 de 5
Dicas de fotografia para iniciantes

Voltar ao topo da página