menu
Partilhar

Como treinar caligrafia

 
Por Isadora R. Hausen. 7 junho 2023
Como treinar caligrafia

Apesar de cada dia mais as pessoas estarem trocando o papel e o lápis pelos teclados e telas dos aparelhos eletrônicos, ainda é importante saber escrever corretamente e, em alguns momentos, se faz necessário ter uma letra legível.

Mas não é apenas nessas ocasiões uma boa letra é útil. Uma caligrafia bonita é importante para auxiliar a pessoa a compreender o que ela lê e escreve. Por isso, os famosos cadernos de caligrafia são tão praticados na alfabetização infantil.

E você? Já examinou como está a sua letra? Você tem a letra cursiva ou de forma ou mistura as duas? Neste artigo do umCOMO você verá como treinar caligrafia.

Também lhe pode interessar: Como fazer letras bonitas

Como treinar caligrafia passo a passo

Mesmo com os dispositivos móveis substituindo a escrita à mão, existem situações que ainda demandam que a pessoa escreva, nem que seja para assinar documentos. É o caso de alguns cadastros em bancos, em estabelecimentos hospitalares, no trabalho e em provas de redação de vestibulares e concursos.

Por isso, por mais que digitar seja mais prático, rápido e imediato, é importante termos uma letra legível para a nossa própria compreensão e a de terceiros. “Para ter uma boa caligrafia é preciso praticar e sempre manter o hábito de fazer anotações”[1].

Adotando os seguintes passos é possível você melhorar a sua letra:

1. Escolha a caneta mais adequada

Pode parecer um mero detalhe, mas o tipo de caneta influencia na forma com que escrevemos. A ponta fina ou grossa e até a espessura da caneta podem alterar a sua caligrafia. Por isso, teste diferentes tipos e materiais até achar uma que te agrade mais e com a qual você se adapte melhor. O mesmo vale para lápis e lapiseiras.

2. Analise a sua letra

Verifique o que você gosta e o que não gosta na sua letra. O que pode ser melhorado? Quais são as características dela? Observe se ela é cursiva ou de forma, grande, pequena, redonda, inclinada. Destaque aquelas palavras nas quais você precisa aperfeiçoar a caligrafia.

3. Cuide do alinhamento e do espaçamento

Busque escrever de forma alinhada. Para isso, cuide para escrever todas as letras e as palavras do mesmo tamanho; alinhe sua escrita à margem da página e dentro das linhas. Ainda, mantenha o mesmo padrão de espaçamento entre as palavras. Se o espaço for muito curto, pode dificultar a leitura.

4. Utilize folhas pautadas

Pelo menos nas horas de treino de caligrafia, busque por folhas pautadas que te ajudarão a dar forma à sua letra e a controlar o alinhamento e o espaçamento correto para uma caligrafia mais compreensível.

5. Pratique o formato básico das letras

Lembra dos antigos cadernos de caligrafia? Repita a escrita de cada letra para aperfeiçoar as que você acha que precisa melhorar.

6. Não aplique força ao escrever

Pegue a caneta ou lápis de forma firme e ao mesmo tempo suave, para que ela deslize naturalmente pelo papel, sem deixar marcas no verso. Aplicar força demasiada ao escrever pode tornar a tarefa mais lenta e exaustiva.

7. Apoie o braço ao escrever

Posicione o seu braço de forma que te dê mais estabilidade na hora da escrita e segure a caneta de forma adequada. Ao segurá-la com um ou dois dedos, os demais devem permanecer como apoio no papel.

8. Treine 15 minutos diariamente

Como todo exercício, a escrita também requer uma certa constância. Tire 15 minutinhos do seu dia, largue a tela e aperfeiçoe a sua escrita à mão. Pode ser um parágrafo, uma frase ou as palavras que você percebe que pode melhorar.

9. Peça a opinião de terceiros

Por costume, nós normalmente entendemos a nossa própria letra, mas e os outros? Enquanto treina a sua caligrafia, peça a um amigo, familiar ou terceiro para avaliar a sua escrita e ver se está legível.

Como mudar a caligrafia

Quando iniciamos a alfabetização de uma criança é importante treinar a motricidade, onde os rabiscos vão se ordenando e tomando a forma das letras. Por isso, normalmente, se inicia o aprendizado da escrita pelas letras de forma ou bastão.

As letras de forma têm caracteres individuais e podem ser aprendidos separadamente, para então formarem as palavras. “Já as letras cursivas exigem uma agilidade maior, uma vez que, além de outras finalidades, são utilizadas para tornar o registro mais rápido”[2].

Dessa forma é normal o indivíduo começar a escrever com a letra de forma – mais fácil e rápida – e aos poucos mudar a caligrafia para uma letra cursiva que tem um traçado mais complexo e exige maior coordenação motora. Isso exige treino e repetição.

Como melhorar a letra cursiva

Desenvolver a escrita em letra cursiva é fundamental para o desenvolvimento da compreensão do aluno com relação ao que ele lê e escreve. Ainda, treinar esse tipo de caligrafia ajuda a desenvolver diferentes áreas do cérebro e a aprimorar a coordenação motora fina da pessoa[3].

Por ser mais complexa e requerer maior habilidade, a letra cursiva favorece a atenção, a concentração, a memória e a percepção visual. Ainda, ela ajuda a desenvolver a integração entre o movimento e o raciocínio de quem escreve.

Além das dicas de caligrafia que listamos acima, você pode melhorar a sua letra cursiva aplicando as seguintes orientações:

  • Segure corretamente a caneta. Use o polegar e o indicador para segurar com firmeza a caneta, assim você forma uma espécie de tripé com a mão, de maneira a dar melhor controle do movimento de escrita. Ainda, segure o material com uma certa distância da ponta e nivelando o posicionamento dos dedos para manter uma sustentação melhor;
  • Cuide dos movimentos e postura. Mantenha a caneta inclinada, ajustando o pulso para dar maior movimento e fluidez para a mão. Ao mesmo tempo, use a superfície do papel ou mesa para dar apoio. Busque não suspender demais o cotovelo, isso pode gerar algum desconforto e comprometer que você mantenha uma escrita legível constante;
  • Aquecimento. Se estiver há algum tempo sem escrever à mão, faça um treino das formas básicas de movimento antes de começar a escrever com a sua letra cursiva. Comece “desenhando círculos e ondinhas, terminando com repetições de letras até pegar a prática”[4];
  • Observe o direcionamento da sua letra. Escrever com a letra inclinada pode ser comum e não ter problema, desde que não interfira na legibilidade do que está sendo escrito. Caso a sua letra esteja muito acentuada, mude a posição do papel e vá treinando até corrigir e diminuir o seu ângulo de inclinação.

Depois conta para a gente nos comentários como ficou sua a letra com as nossas dicas para melhorar a caligrafia.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como treinar caligrafia, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalhos Manuais e Tempo Livre.

Referências
  1. 12 PASSOS PARA VOCÊ MELHORAR A SUA CALIGRAFIA. Disponível em: <https://canaldoensino.com.br/blog/12-passos-para-voce-melhorar-sua-caligrafia/>. Acesso em 02/06/2023.
  2. LETRA DE FORMA X LETRA CURSIVA. Disponível em: <https://educador.brasilescola.uol.com.br/orientacoes/letra-forma-x-letra-cursiva.htm#:~:text=Logo%2C%20a%20percep%C3%A7%C3%A3o%20da%20letra,em%20foco%20%C3%A9%20a%20escrita./>. Acesso em 02/06/2023.
  3. A IMPORTÂNCIA DE DESENVOLVER A LETRA CURSIVA. Disponível em: https://blog.psiqueasy.com.br/2021/12/07/caligrafia-a-importancia-em-desenvolver-a-letra-cursiva/>. Acesso em 02/06/2023.
  4. DICAS INFALÍVEIS PARA VOCÊ MELHORAR A SUA CALIGRAFIA. Disponível em: <https://www.megacurioso.com.br/ciencia/103030-chega-de-garrancho-10-dicas-infaliveis-para-voce-melhorar-a-sua-caligrafia.htm/>. Acesso em 02/06/2023.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como treinar caligrafia
Como treinar caligrafia

Voltar ao topo da página