Partilhar

Como entrar em contato com Pedro Bial

Por Sara Silva. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como entrar em contato com Pedro Bial
Imagem: moviespictures.org

Nascido no Rio de Janeiro a 29 de março de 1958, Pedro Bial é uma figura bem conhecida da televisão brasileira. Formado em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, em 1981 entrou na Rede Globo como jornalista no Jornal Hoje, seguindo-se o Globo Repórter, onde foi inclusivamente correspondente internacional em Londres. Em 1996 Bial iniciou sua carreira como apresentador, tendo apresentado programas como Fantástico, Big Brother Brasil, Espaço Aberto, etc. Se você admira esse homem e gostaria de saber como entrar em contato com Pedro Bial, continue lendo este artigo umComo.com.br!

Também lhe pode interessar: Como entrar em contato com Faustão
Passos a seguir:
1

Através do Twitter. Pedro Bial não é usuário do Facebook no entanto tem seu perfil no Twitter. Você pode seguir Pedro Bial no Twitter e interagir com seus tweets!

2

Através da Rede Globo. O site rede Globo permite que os telespectadores contatem os apresentadores dos seus programa preferidos. Para contatar Pedro Bial por lá, se cadastre no site e siga este link para lhe enviar seu contato.

Como entrar em contato com Pedro Bial - Passo 2
Imagem: entretenimento.r7.com
3

Através do Instagram. No seu Instagram, Pedro Bial partilha vários momentos do seu dia a dia e as pessoas que estão cadastradas nessa rede social podem lhe enviar comentários. Para que também você contate com o jornalista, aprenda como usar o Instagram no computador e interaja com ele!

4

Através do programa. Se você ganhar a chance de participar nos programas que Pedro Bial apresenta, com certeza estará mais perto de conseguir entrar em contato com ele! Para isso esteja atento às formas de participação e tente sua sorte.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como entrar em contato com Pedro Bial, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalhos Manuais e Tempo Livre.

Escrever comentário sobre Como entrar em contato com Pedro Bial

O que lhe pareceu o artigo?
58 comentários
A sua avaliação:
ACADEMIA BRASILEIRA DE BELAS ARTES
CARO BIAL, NECESSITO ENTRAR EM CONTATO COM VOCÊ URGENTE !!!!!!!
VERA GONZALES (PRESIDENTE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE BELAS ARTES/RIO) ACADBRASBELASARTRJ@GMAIL.COM OU
WERALUKIA@GMAIL.COM
A sua avaliação:
Lídia Guimarães
Após ver que montaram um documentário sobre o João de Deus, gostaria de expor meu conhecimento sobre o local, não sei se ainda existe chance de aperfeiçoar a reportagem, mas vou falar.
Em Junho de 2016 minha filha teve câncer de mama, Em Novembro do mesmo ano ela foi operada no Hospital Albert Einstein e já saiu curada da sala de cirurgia! Mas passou a ouvir sobre João de Deus e começou a frequentar o local. Queria que minha filha levasse uma vida normal, mas ela não tinha mais vida social, apenas fazia viagens a cada 60 dias para essa Abadiana. Demonstrando estar apoiando, fiz uma viagem junto com ela em fevereiro/2018. Sem estar iludida, consegui notar como manipulavam os inocentes, era uma maquina de fazer dinheiro. Era proibido fotografar (usavam a fala de intervenção espiritual caso alguém fotografasse) o mesmo medo que passavam para as vítimas de abuso sexual. Porém, tenho mais de 60 anos, sou uma mulher que já sofreu muito e tenho muita experiência de vida, conheço um cafajeste de longe. O local faz uma lavagem cerebral logo na entrada, e a cada sala que vc passa, mais lavagem cerebral. Entrei na fila de falar com o João de Deus, todos ajoelhavam e ele entregava um papel quadradinho com o desenho de uma carinha sorrindo, e dizia que era a receita para comprar os placebos que ele vendia na farmácia do local. Na minha vez, ele pegou na minha mão e me levantou, não me deu a receita disse: "Quero te ver amanhã" Acredito que é uma forma de segurar a pessoa mais um dia no local para gerar renda. Minha filha estava iludidíssima, participava de tudo que ele fazia ali. Quando ela ia para esses cultos, eu ia andar no comercio e restaurantes, descobri que todo comercio, pousadas, restaurantes pagavam Hoyts para João de Deus, se não pagasse era retirado do local. No dia seguinte, fui para o atendimento novamente, nesse dia já não estava ali o João de Deus, era uma simples mulher distribuindo a receitinha...rs. Tenho essa receitinha guardada...rs Não contei para minha filha, ela me criticava muito. Voce pega a receitinha e passa por várias salas, uma delas eles mandam vc ficar de olho fechado, pois o João iria ajudar um por espiritualmente ali, ai vc ouve a Voz do João de Deus Falando mesmo...era ele, eu abri o olho (contra as ordens...rs) Fotografei o momento estranho. Ele fala e diz que a receita que receberam é vinda do além, que não pode ser trocada. Fechei o olho para não levantar suspeitas, depois abria novamente e não tinha mais ninguém na sala, deixavam os trouxas lá sozinhos...rs. Depois vc passa para um local aberto onde repetem mais uma vez a lavagem cerebral em todas as linguás, e falam do remédio, que não interfere no tratamento de ninguém, pois é uma vitamina de maracuja...mas tem aditivos espirituais que irão curar. Fala que tem que voltar a cada 60 dias para comprar mais, por isso minha filha voltava. Fotografei a fila da Farmácia (gigante) cada vidro custava R$ 60,00, fiz as contas pela quantidade de pessoas que ele disse passar ali por semana, ele arrecadava só nesse remedinho R$ 6.000.000,00 por semana. Fora todo comercio que tinha no pátio. Um local que vendia água comum benzida, a garrafinha de 500ml custava R$ 5,00, e eu vi um caminhão de garrafas de água chegando e descarregando as caixas e mais caixas, e vendiam como benzida. Depois de passar por vários ambientes do local que fazem a mesma lavagem cerebral, te mandam para a fila de uma sopa, era para vc relaxar e ver que o local é caridoso. Uma sopa gostosa, eu comi uns 4 pratos...kkkk....Tenho foto de tudo, nunca pensei em divulgar, pois não fui abusada, até porque comigo ele não iria conseguir nada, a não ser um soco na cara se tentasse...kkkk...Tenho as fotos da época que fiz escondida se quiserem, e guardo a receitinha até hoje. Só agora contei para minha filha. Na época contei para vários amigos e mandei as fotos, todos ficaram indignados, disseram que iriam ser pastor espiritual, estava dando mais dinheiro que trabalhar no batente.
A sua avaliação:
UIBIRÁ ROCHA BRASÃO

https://youtu.be/cVGsE_K4WW8 Bial é minha Historia sonho em jornalista esportivo igual vc que é meu idolo e sonho que dia eu um dia entrevista meu idolo do futebol Rogerio mais queria com vc mi ajuda se como chega la como vc veja site Marielza brazao mi oi
José castro
Bial só um brasileiro, que anda preocupado com o futuro do país, moro em trabalho no campo, e fico triste de ver a nossa política e nossos políticos, que ao invés de ajudar só piora nosso país principalmente esse presidenté que foi eleito . O Brasil já envem sentindo tanto com o desvio de dinheiro que vem acontecendo nos últimos anos, e também com muitos problemas com saúde, transporte,educação e outros que nem da pra o tamanho que isso já corroeu. E infelizmente que paga tudo é o povo, e agora mais um a Amazônia que nosso país não cuida, com esses políticos que só pensão no bolso, no que vem dar lucro pra eles, acho tudo agora vai pro ralo amigo, o presidente eleito e tonto, fala demais, o que não deve é escuta o que deve, mas só tá prejudicando nosso país, quem acho que tava fazendo o certo, colocar ele na presidência, infelizmente erro feio. Não passa de um idiota, acha que é o tal, fala uma besteira a traz da outra, e como dis o ditado é um quarta-sexta. Bial você é um jornalista de exemplo, uma qualidade que deixa a gente sem palavras, o que vamos fazer o povo pra se livre desse presidente. Da uma dica pra nós
Ilda Pereira dos santos
Tenho uma ideia , e gostaria de apresentar ao Pedro Bial e saber qual a sua opinião pois ele e muito inteligente.
Jackson Vitoriano de Ulhoa
Na entrevista com Fagner, ele disse que a frase "política é como nuvem, você olha ela está de um jeito, olha de novo e o jeito de antes não é mais o mesmo;" foi dita por Gonzaga Mota. Que pode tê-la repetido, mas o seu autor é o ex-governador de Minas Gerais, Magalhães Pinto.
A sua avaliação:
LUIZ ANTONIO MARANGONI
Quero cumprimentar o Bial pelo programa que contou com a participação de Samuel Pessoa e Monica de Bolle. Aquele parábola das borboletas azuis se assemelham às consequências não intencionais que explicam a história das favelas no Brasil e a pobreza de nosso povo. Quando tive minhas primeiras aulas de economia na década de 60, ouvi do antigo mestre que a lei do inquilinato, CLT e demais legislações parcialistas, provocariam déficits habitacionais e desemprego que levariam os brasileiros a morar na rua. Evidentemente, para um adolescente, aquilo era uma alucinação incompreensível. Infelizmente, ao longo do tempo pude testemunhar a proliferação das favelas e o empobrecimento da população. Vinte anos depois fui para os EUA onde, depois de encontrar o imóvel adequado, em poucos minutos, pagando um mês de aluguel adiantado, saí com as chaves do apartamento na mão. Descobri então, que não existia a lei do inquilinato, mas a livre negociação com proteção aos contratos, de tal forma, que se o inquilino não pagasse o aluguel vincendo, a polícia do bairro solucionava o problema dando alguns dias para o inquilino honrar seu compromisso, caso contrário seria despejado. Aquele procedimento, desumano para nossos padrões, estimulava o investimento em imóveis para locação, aumentando a oferta, promovendo o barateamento dos aluguéis, bem como, aumentando salários dos trabalhadores da construção civil. Outra experiência valiosa: naquele país não existem direitos trabalhistas, mas os salários são em media cinco vezes mais altos do que no Brasil. A cada nova pesquisa e comparação, maior a compreensão àquela aula e à parábola. Lamentavelmente nossos políticos e líderes sindicais não estiveram presentes às aulas idênticas, mas assíduos àquelas de marketing político cujo único intuito é a propaganda demagógica, que injetam o vírus letárgico do desestímulo ao investimento. Tenho inúmeros outros testemunhos práticos que vivi ao longo dos meus 75 anos como ofice-boy, técnico em contabilidade e custos industriais, administrador de empresa e empresário. A matemática demonstra, por exemplo, que a CLT é, nada mais nada menos, do que um confisco de renda superior ao salário nominal do trabalhador, ou seja, assemelha-se a um imposto de renda na fonte que empobrece a população e, consequentemente, a economia brasileira. Se não extinguirmos essa herança maldita do "pai pobres", continuaremos patinando. Fala-se muito nas pertinentes e indispensáveis reformas tributárias sem atentarmos que a CLT também é um dos tributos em cascata dos mais nefastos à nossa economia. Naquele país cabe ao trabalhador administrar seu salário e seu direito de poupar, investir ou gastar, ao contrário de nosso onde se impõe às empresas e governos essas tarefas, retendo parte gigantesca da renda do povo, empobrecendo-o. Extinguindo tal tributo (CLT), agregando-o ao salário, desataremos as amarras de nosso desenvolvimento. Gostaria de entrar em contato com o Bial, ou sua produção, para sugerir que convide também pessoas que possam levar experiências práticas que possam ilustrar as valiosas parábolas. Me coloco à disposição.
Feminino Claudete Martins dos Santos
Quero entrar em contato com Pedro Bial, primeiro o parabenizo pela reportagem feita sobre o assédio de João de Deus, e segundo, estou vivendo também uma situação inusitada, um crime hediondo onde o criminoso Roberto Kirstner dá aula de educação espiríta e palestra dentro da Casa Espiríta Bezerra de Menezes em Porto Alegre, RS, e estou sendo assediada, de forma diferente, ele grampreou o meu mental, tendo acesso a tudo que vivi, vejo, esta me prejudicando em relação a minha faculdade, e quer cometer extorsão, pede dinheiro.... tem condições de me monitorar à distância, e de interferir no meu mental. Posso dar detalhes. S.O.S
alceir jose fernandes da silva
sou compositor amador e gostaria de ir ao seu programa contar um pouco da minha história no bate papo com Bial eu teria alguma chance como amador? e tambem cantar uma das minhas canções aguardo por uma oportunidade.
José Carlos de Castro Morales
Sou delegado de polícia no Estado de São Paulo e tendo visto a entrevista fantástica desta quinta feira (13-12-18) em que dois presos no regime ditatorial falam suas experiências, percebendo que se avizinha a retomada de procedimentos ainda tão perversos quanto, quando se fortalece o militarismo no governo próximo (fortalecimento das polícias militares e suas arbitrariedades) gostaria, como última tentativa, de prestar um depoimento das mazelas suportadas pelas polícias civis e o encaminhamento a passos largos para que se apropriem definitivamente das atribuições da minha carreira em prol de uma melhora dos trabalhos policiais que a meu ver não acontecerá. Apenas se dará o recrudescimento no tratamento com o cidadão, retirando-lhe direitos. Lhe proponho uma pauta para esclarecermos os motivos pelos quais as polícias civis devam ser fortalecidas e a figura da Autoridade Policial (o delegado de polícia) seja assegurada como o primeiro garantidor de direitos, como assim pronunciou o Ministro decano do STF Celso de Mello.

Me coloco a disposição.

Como entrar em contato com Pedro Bial
Imagem: moviespictures.org
Imagem: entretenimento.r7.com
1 de 2
Como entrar em contato com Pedro Bial

Voltar ao topo da página