menu
Partilhar

Filmes mais tristes

 
Por Juliana Ribeiro. 29 janeiro 2024
Filmes mais tristes

Os filmes mais tristes são Close, Menina de ouro, O caminho, Minha vida sem mim, Coco, O pianista, História de um casamento, Um monstro vem me ver, Toy Story 3 e Manchester à beira-mar. O cinema tem o poder único de nos fazer mergulhar em emoções profundas, e poucas experiências são tão comoventes quanto um bom filme triste. Quem não gosta de vez em quando se enrolar em uma manta com um bom sorvete e liberar todas as lágrimas acumuladas com um bom filme dramático?

Pois bem, neste novo artigo do umCOMO viemos te ajudar e dar ideias com esta lista dos filmes mais tristes de todo o cinema contemporâneo. Desde histórias de perda e redenção até explorações da condição humana, estes dez filmes deixaram uma marca inapagável no coração dos espectadores. Prepare-se para uma viagem emocionante com as obras-primas cinematográficas mais comoventes.

Também lhe pode interessar: Filmes de Charlie Chaplin

Close

A trama do filme “Close” mergulha na profunda amizade entre dois adolescentes de treze anos, Leo e Remi, enquanto eles passam pela complexa fase de transição para a adolescência. A história centra-se na exploração da relação entre estes dois amigos de longa data, que enfrentam desafios e conflitos que ameaçam separá-los. Leo, tentando entender o que deu errado em sua amizade com Remi, busca conforto e compreensão na figura da mãe de Remi, Sophie.

À medida que a história se desenvolve, o filme nos leva a uma viagem emocional onde Leo mergulha em um processo de perdão, vulnerabilidade e amor. Através dessa jornada, os personagens exploram as complexidades das relações interpessoais, enfrentando seus próprios demônios interiores e descobrindo a importância do perdão e da empatia na construção de laços e vínculos.

Menina de ouro

Se você está procurando alguns filmes para chorar, este definitivamente tem que estar na lista. Dirigido por Clint Eastwood, esta obra-prima conta a história de uma aspirante a boxeadora e seu treinador. Abordando temas como determinação, perda e dignidade, o filme dá uma guinada chocante que muda a perspectiva do espectador sobre a vida e as adversidades.

Filmes mais tristes - Menina de ouro

O caminho

“O caminho”, dirigido por Javier Fesser, explora a história real de uma menina com câncer que tem visões e revelações enquanto lida com sua doença. Sendo capaz de aprofundar em temas tão complexos como a religião e a força das crenças apesar das adversidades, “O caminho” vai te deixar com um gosto amargo. Este filme comovente examina a fé, a família e a aceitação em meio à tragédia, oferecendo uma experiência cinematográfica profunda e reflexiva.

Minha vida sem mim

Dirigido por Isabel Coixet, “Minha vida sem mim” conta a história de Ann, uma jovem mãe que enfrenta uma realidade dolorosa ao saber que tem uma doença terminal. O filme explora como a mortalidade pode iluminar a própria essência da vida e como cada dia é uma oportunidade para autenticidade e conexão humana. Listado como um dos filmes tristes mais aclamados, esta produção vai te deixar com um verdadeiro nó na garganta.

Filmes mais tristes - Minha vida sem mim

Coco

Embora repleto de música e cor, “Coco” de Lee Unkrich e Adrian Molina atinge fibras emocionais profundas ao explorar a relação entre a vida e a morte. A história acompanha Miguel, um menino que desperta a paixão pela música ao explorar as tradições de sua família e a importância de lembrar daqueles que já partiram. Se você perdeu recentemente uma pessoa querida, este filme trará mais do que lágrimas aos seus olhos, mas irá te confortar saber que essa pessoa sempre caminhará com você.

O pianista

Dirigido por Roman Polanski, “O pianista” é um filme poderoso que narra a luta de um pianista judeu para sobreviver no Gueto de Varsóvia durante a Segunda Guerra Mundial. O filme retrata o desespero e a perda da humanidade em meio à brutalidade do Holocausto, deixando uma impressão duradoura nos espectadores.

Filmes mais tristes - O pianista

História de um casamento

Este filme dirigido por Noah Baumbach explora a complexidade do divórcio através da história de um casamento que se desintegra. “História de um casamento” apresenta performances poderosas que capturam tristeza, arrependimento e redenção em meio a relacionamentos fraturados. Se você está passando por um processo de desgosto, este filme pode te ajudar a digerir este sentimento.

Um monstro vem me ver

Dirigido por J.A. Bayona, este filme conta a história de Conor, um menino que lida com a doença terminal de sua mãe. A narrativa se confunde com a fantasia enquanto Conor enfrenta seus medos e emoções mais profundas. "Um monstro vem me ver" toca acordes emocionais ao explorar a perda, a aceitação e o poder de cura da imaginação.

Filmes mais tristes - Um monstro vem me ver

Toy Story 3

Esta produção da adorada saga da Pixar, dirigida por Lee Unkrich, leva os brinquedos de Andy a uma viagem que envolve despedidas e a inevitabilidade da mudança. “Toy Story 3” toca o coração ao abordar temas de lealdade, amizade e passagem do tempo através da perspectiva única de brinquedos amados.

Manchester à beira-mar

Dirigido na época pelo jovem Kenneth Lonergan, o filme acompanha a história de Lee, um homem assombrado por seu passado, que retorna à sua cidade natal após uma tragédia familiar. “Manchester à beira-mar” explora a natureza da dor, da redenção e da possibilidade de encontrar luz mesmo nos momentos mais sombrios.

Agora que você conhece alguns dos filmes mais tristes, também pode se interessar por Os melhores filmes espanhóis e Os melhores filmes musicais de todos os tempos.

Filmes mais tristes - Manchester à beira-mar

Se pretende ler mais artigos parecidos a Filmes mais tristes, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalhos Manuais e Tempo Livre.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Filmes mais tristes
1 de 6
Filmes mais tristes

Voltar ao topo da página