Partilhar

Pós-modernismo - O que é e como surgiu

Por Nicolas Santos. Atualizado: 20 janeiro 2017
Pós-modernismo - O que é e como surgiu
Imagem: masterfile.com

O pós-modernismo foi um dos movimentos artísticos que surgiram no decorrer da história da arte, este, bem contemporâneo. Podemos defini-lo como característico da natureza sócio-cultural, estético, capitalista e atual. Estas definições se enquadram e ajudam a entender o que ele é em todas as suas vertentes, desde 1950.

Este movimento também pode ser denominado como pós-industrial e financeiro, comercial, predominando mundialmente desde que o modernismo teve o seu fim. Nele se contém os avanços tecnológicos, desde meios de comunicação à informática, e também pelo apelo consumista, que é o que distrai o homem pós-moderno. Neste artigo, umComo fala um pouco sobre o Pós-modernismo, o que é e como surgiu.

Também lhe pode interessar: Dadaísmo - O que é e como surgiu

Definição do Pós-modernismo

Vou utilizar este artigo sobre pós-modernismo para concluir a ideia e tentar explicar a influência que a arte tem na história e vice-versa. Antes de defini-lo, vamos começar por analisar o como e quando surgem os movimentos artísticos, o que eles representam e afinal por que são o que são.

Vou pegar como breve exemplo o Dadaísmo, se você ler o artigo, neste mesmo site, sobre ele entenderá um pouco do contexto histórico em que surgiu, ao entender o contexto histórico se torna muito mais fácil saber o motivo pelo qual ele é o que é. É talvez o movimento mais negativista que surgiu ao longo da história da arte, além disso, visava destruir todas as formas modais da arte. Surgiu durante a Primeira Guerra Mundial e seus percursores, eram os refugiados da mesma.

No entanto, não são só situações política, econômica e regional que influenciam os rumos da arte, também temos a "psique", ou - sem querer entrar no mérito da psicanálise - a situação individual de cada homem, esta, que é refletida na massa. Nesta vertente nós temos as ambições, os sonhos, os pensamentos e emoções das pessoas. Vamos pensar no indivíduo por motivos de mais fácil entendimento. Mas afinal, de que forma isso vai te ajudar a entender o pós-modernismo?

Primeiramente, o pós-modernismo é difícil de se definir por que ele não representa nada em si. Não é um movimento cultural é uma dominante cultural. Ele não surgiu nem foi idealizado, por isso é natural. Trata-se apenas duma reação perante a carência de algo para intitular como arte em nosso tempo, e além do que, no nosso universo capitalista, é no pós-modernismo que a arte passa a ser usada como negócio.

O Pós-modernismo o movimento industrial e capitalista

Alguns pesquisadores como o francês Jean-François Lyotard consideram que a ciência perdeu muito crédito na sua constante luta para definir a realidade, para ser absoluta, entrando assim no culto à praticidade. Na constante busca e endeusamento pelo concretismo, a sociedade acaba se voltando para o mar de incertezas, uma vez que, quando a verdade vale tanto num mundo capitalista a mentira se torna um bom negócio.

O culto à praticidade também nos leva ao hiper-realismo, a realidade das simulações. O homem pós-moderno não quer se arriscar, pois a realidade é incerta e se cometer um erro talvez seja o único, desta forma, opta por simulações, previsões e estatísticas. A prova disto é vista na arquitetura pós-moderna - que num determinado momento foi a mais lucrativa - onde as negociações eram fechadas antes mesmo da construção estar pronta. Se faz a planta, o projeto, que se estiver de acordo com a vontade do público comprador, pode ser realizado. A situação não é regra para todos os tipos de arte, só para a maioria delas. O fim que toma a arquitetura pós-moderna é o exemplo mais radical da influência do capitalismo puro nos diferentes tipos de arte.

Em outras palavras, a arte acaba caindo no culto do prático; deve ser prática, bela e confortável para que possa ser comprada e vendida, para que tenha público, que faz com que quase nunca esteja de acordo com a realidade. Isso acontece também pelo avanço tecnológico, novas formas de mídia, tudo tem que ser novo, experimental, era notável o apoio dado para novas iniciativas (experimentais) no final do século XX.

Desta forma a humanidade é induzida a levar a sua liberdade ao extremo, diante das infinitas e novas possibilidades que surgem e a sua opinião acaba se voltando para aquela que mais teve retorno, que mais teve a adoração do público. O Pós-modernismo, como dominante cultural, acaba por levar à arte e a cultura à forma mais pura de populismo. Resta agora saber qual rumo tomará o Pós-modernismo, que desde que surgiu não houve campo fértil para que outro movimento artístico desabrochasse. Desde 1950 nós somos Pós-modernos, resta agora saber que rumo a história dará para a arte.

Veja também, em nossos artigos sobre movimentos artísticos:

Se pretende ler mais artigos parecidos a Pós-modernismo - O que é e como surgiu, recomendamos que entre na nossa categoria de Trabalhos Manuais e Tempo Livre.

Escrever comentário sobre Pós-modernismo - O que é e como surgiu

O que lhe pareceu o artigo?

Pós-modernismo - O que é e como surgiu
Imagem: masterfile.com
Pós-modernismo - O que é e como surgiu

Voltar ao topo da página