Partilhar

Exercícios para aquecer a voz

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Exercícios para aquecer a voz

A voz é um instrumento que permite reproduzir sons. Como instrumento, é necessário aprender a utilizá-la adequadamente com o objetivo de conseguir que soe da melhor forma possível. Quando se trata de cantar, muitas pessoas se esquecem que não só se precisa de uma boa voz ou uma boa técnica de canto, mas que devemos saber como preparar o nosso corpo para isso. Neste sentido, o aquecimento é uma parte fundamental do processo de canto que permite esticar os músculos ligados à produção da voz. Por isso, em umComo explicamos a você alguns exercícios para aquecer a voz que pode realizar facilmente.

Também lhe pode interessar: Como cuidar da voz antes de cantar
Passos a seguir:
1

Se pararmos para pensar em atividades que requerem exercitar músculos do nosso corpo, como o tênis ou o futebol, nos daremos conta que as pessoas que praticam estes esportes dão uma importância fundamental ao aquecimento. Ainda que seja verdade que cantar não implica um esforço físico no nível destes esportes pelos músculos que se veem envolvidos, é uma boa comparação para que se entenda a relevância do aquecimento.

Quando cantamos, utilizamos uma série de músculos que nos permitem reproduzir certos sons. Há pessoas que utilizam mais uns que outros, dependendo da faixa vocal e a técnica utilizada. Além disso, há cantores que potencializam o diafragma, como por exemplo, cantores de ópera. Aquecer é fundamental para que os nossos músculos estejam preparados quando quisermos gerar sons. Um exemplo claro de como os músculos influenciam na voz é quando nos levantamos e vemos que temos dificuldade para falar. Depois de um tempo, a nossa voz atinge a sua capacidade habitual e isto ocorre porque fomos exercitando os músculos. Por outro lado, é importante saber como cuidar a voz dantes de cantar para se certificar que se mantém em bom estado.

Exercícios para aquecer a voz - Passo 1
2

Quando aquecemos a voz, temos que ser conscientes que o objetivo é esticar os músculos, por isso não é necessário tentar atingir notas muito agudas devido à sensação que isto pode provocar ao forçar mais os músculos. Precisamente, o que não devemos fazer é forçar a voz. O objetivo é reproduzir sons dentro de nossa faixa vocal, sentindo-nos cômodos para assegurar um bom aquecimento. Pela mesma razão, não devemos gritar, mas sim reproduzir sons em um tom de voz normal ou inclusive baixo. Uma vez que somos conscientes da nossa faixa, podemos realizar o aquecimento da voz.

3

Um dos exercícios que podemos utilizar para esquentar a voz é conhecido como vocal fry. Consiste em reproduzir o registro vocal mais baixo que a pessoa possa atingir e se consegue obstruindo a quantidade de ar que passa para a garganta e, mais concretamente, na glote. A glote é a parte mais estreita da laringe e os sons que provêm desta são conhecidos como glotais. Por isso, devemos tratar de reproduzir o som mais grave possível sentindo que trabalhamos a garganta. Se colocamos a nossa mão sobre a garganta e tratamos de fazer esse som, deveríamos ter a sensação de que esta se contrai para fora, como se dilatasse e, ao mesmo tempo, notar vibração na garganta. Este exercício permite estimular as fibras presentes nas cordas vocais, utilizando uma maior extensão das mesmas.

Exercícios para aquecer a voz - Passo 3
4

Um exercício verdadeiramente simples para aquecer a voz conhecido como humming também nos dará a possibilidade de aquecer a nossa voz. Este exercício realiza-se vocalizando naquela faixa na qual nos sintamos mais cômodos e produzir progressivamente sons um pouco mais agudos, recordando sempre que não devemos forçar a voz. O processo consiste em reproduzir o som "mmm" de forma contínua e depois de uns segundos acrescentar uma vogal. O resultado final deve ser: mmmmmmeeee, mmmmmmiiii, etc., com este aquecimento devemos sentir que os sons que reproduzimos com nossa voz soam limpos. Isto significa não rasgar nossa garganta nem forçar em excesso essa zona. Sentirá que o uso do ar é fundamental neste aquecimento se deseja aguentar o tempo necessário cada vez que reproduz o "m" com uma vogal diferente.

Outra opção neste mesmo exercício para aquecer a voz, é substituir o "m" pelo "r". A explicação é simples e deve-se a que, enquanto com o "m" trabalhamos mais o diafragma, com o "r" exercitamos mais os músculos da garganta. Como consequência, com o primeiro sentiremos uma maior vibração na caixa torácica, isto é, desde o peito até ao estômago, enquanto que com o segundo sentiremos uma maior vibração na garganta. É por isto que este exercício é muito completo e nos ajudará a aquecer a voz ao máximo.

Exercícios para aquecer a voz - Passo 4
5

Estes dois exercícios permitirão aquecer os seus músculos para evitar possíveis danos ou excesso de esforço em sua voz, além de oferecer o calor necessário para que possa cantar em seu máximo esplendor. Uma voz que não se aquece tenderá a soar com uma falta de nitidez, ao mesmo tempo que desafinada. Para realizar os dois exercícios satisfatoriamente, deverá dedicar tempo, já que pode ser um pouco complicado no princípio. No entanto, uma vez que consiga controlá-los, verá como consegue cantar com uma voz mais completa. Por último, não se esqueça que saber como afinar a voz para cantar bem é fundamental e que pode ser conseguido com alguns passos.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Exercícios para aquecer a voz, recomendamos que entre na nossa categoria de Música.

Escrever comentário sobre Exercícios para aquecer a voz

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Keller Maria Dos Santos Alves
nao coma chocolate granola e etc pq isso faz com que sua voz fique arranhada , e verdade... sim ou nao

Exercícios para aquecer a voz
1 de 4
Exercícios para aquecer a voz

Voltar ao topo da página